Biblioteca Pública Castro Alves em Bento completa 79 anos

Neste 20 de agosto marca em Bento Gonçalves os 79 anos da Biblioteca Pública Castro Alves. Assim foi denominada em homenagem ao grande poeta nacional Castro Alves. Foi criada através do Decreto-Lei 16, de 20/08/1940 e oficializada pela Lei Municipal 508, de 30/10/1973.

Entre os objetivos do espaço constam: popularizar o livro e fomentar a leitura; estimular comunidade a perceber as possibilidades que se abrem através do livro, da leitura e da informação; e atender à comunidade em suas necessidades sempre crescentes de informação, cultura e lazer.

O acervo supera 33 mil obras catalogadas e neste 2019, foi contemplada pelo Ministério da Cultura para implantar uma Biblioteca Digital, na qual possuirá um acervo com mais de 10.000 livros digitais.

A bibliotecária Paula Gautério destaca que “algumas intervenções que estão sendo realizadas no espaço interno do prédio: “atualmente fizemos mudanças internas com o intuito de melhor atender ao público, lembrando que a Biblioteca é um ambiente dinâmico de construção do conhecimento e incentivo à leitura, um lugar de encontros, de trocas de experiências. Por isso, é necessário proporcionar uma interação maior com o público que integra o universo das bibliotecas”.

Além das mudanças físicas na recepção da Biblioteca, também tem uma programação que compreende contação de histórias, com os livros “Os dez sacizinhos”, de Tatiana Belinky, e O Coelhinho, de Carol Roth, além de presentear o presentear o usuário mais assíduo com um kit de livros e CDs patrocinados pelo Fundo Municipal de Cultura. Também a Biblioteca faz uma contive aos escritores e ilustradores de Bento Gonçalves para deixarem suas mensagens ou desenhos no mural interativo que compõem a recepção.

Está localizada na Rua Barão do Rio Branco, 123, no centro. Para mais informações
(54) 3452-5344 / 3451-8977.

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora