BGF segue em ritmo intenso de preparação visando a Série Ouro

Os trabalhos do Bento Gonçalves Futsal (BGF) no Ginásio Municipal de Esportes seguem a todo vapor com vistas para o pontapé inicial da Série Ouro de 2020, previsto para o dia 27 de setembro, ainda sem local definido. Com quatro semanas de treinamentos coletivos concluídos, o técnico Vaner Flores observa significativa evolução e trabalha para aproximar os treinos com a intensidade dos confrontos, uma vez que não há a possibilidade da realização de amistosos.

Durante as ocasiões em que o município foi classificado com a bandeira vermelha no modelo de distanciamento controlado do governo do Estado, o BGF realizou os trabalhos em grupos separados em quadra. Desde o dia 17 de agosto, com a liberação dos treinos de forma coletiva por parte dos órgãos competentes, a equipe vem treinando com o grupo completo com ênfase nos aspectos técnicos e táticos, mas não deixando de lado a gradativa evolução na parte física.

O treinador do BGF afirma que o grupo está em ritmo de crescimento e que a definição da nova data elevou o anseio da equipe em voltar a competir.

“Sabemos da ansiedade que tínhamos em retornar aos trabalhos. Diante da possibilidade de treinar que nos foi concedida, fizemos todos os treinos dentro daquilo que podíamos, e a equipe vem evoluindo. Com a definição da nova data, tivemos um salto mental da equipe vislumbrando a competição”, avalia Vaner Flores.

Dentre os fatores preponderantes que auxiliou na adaptação e evolução acelerada por parte do grupo foi a manutenção do elenco, que inclusive foi reforçado durante o período de paralisação. São 12 atletas que permaneceram da temporada passada e outros quatro jogadores que somaram-se ao plantel. “Estamos com muita expectativa que dê muito certo, até porque o BGF foi uma equipe que desde que começou da pandemia, em março, não desagregou, ao contrário, só se reforçou. Estou com minha equipe forte”, afirma o técnico.

Sem a possibilidade de promover amistosos preparatórios, a comissão técnica direcionou o foco em proporcionar treinamentos que se assemelham ao nível de intensidade exigido nos confrontos. “Eu e o Cláudio Vieira (preparador físico) mudamos a treinabilidade deles, colocando algumas coisas diferentes para tentar se aproximar ao ritmo de jogo. Sabemos que é no amistoso que se executa, se erra e se corrige. Mas temos que saudar essa possibilidade de jogar. Minha equipe melhorou mentalmente, está ansiosa para jogar a Série Ouro e vamos torcer que dê tudo certo”, explica Vaner Flores.

A Federação Gaúcha de Futebol de Salão (FGFS) vai realizar mais uma reunião virtual com os clubes participantes com o objetivo de definir os últimos detalhes para a rodada de abertura, bem como decidir onde será sediada. O BGF está no grupo B da Série Ouro de 2020, ao lado da Assoeva, de Venâncio Aires, Itaqui, União Independente, de Santa Maria e Guarani, de Frederico Westphalen. O grupo A, por sua vez, é composto por Brasil, de Pelotas, Passo Fundo, Sobradinho, SER Canoense, de Canoas, e Rabelo, de Alvorada.

Enquanto aguarda as últimas definições, o BGF permanece trabalhando no Ginásio Municipal de Esportes visando realizar os últimos ajustes para preparar a equipe para os primeiros desafios previstos pela competição estadual. “O pensamento e a entrega de todos até o momento é de excelência naquilo que pensamos trilhar em 2020”, pondera o treinador do BGF.

O Projeto “BGF Futsal 2020” – É financiado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul – Secretaria do Esporte e Lazer – Pró-Esporte RS LIE, Lei nº 13.924/2012, através do ICMS que você paga. O clube também tem o apoio da Prefeitura Municipal de Bento Gonçalves.

 

Fonte e fotos: Ativa Assessoria