Bento registra abertura de mais de 800 empresas no primeiro semestre

Bento Gonçalves vem se consolidando como sede de novas empresas. Isso se deve as políticas municipais de incentivo ao empreendedorismo que fomentam a vinda de negócios para a cidade. Dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico comprovam que no primeiro semestre deste ano, o número de abertura de empresas foi positivo. Durante o período, 848 empreendimentos se instalaram no Município.

Destas novas empresas, 554 (65,33%) são do setor de prestação de serviços, 159 (18,75%) do comércio, 58 (6,84%) comércio com prestação de serviços, 56 (6,6%) autônomos, 13 (1,53%) indústrias, seis (0,71%) indústrias com prestação de serviços e duas (0,24%) agroindústrias.

Para o secretário da pasta, Sílvio Bertolini Pasin, “o crescimento de novos negócios em Bento Gonçalves confirma que a cidade é uma dos melhores locais para se empreender. A Lei do Incentivo, entre outras políticas desenvolvidas, é uma grande propulsora destes investimentos, pois as empresas obtêm benefícios para se fixarem aqui, gerando novas oportunidades de renda e de emprego. O ambiente regulatório desburocratizado e o mercado em expansão, também garantem essa cultura empreendedora”.

A Sala do Empreendedor é um local de assessoria gratuita para pequenos, médios e grandes empresários, que visa desburocratizar o processo de formação de novas empresas. Com uma equipe multidisciplinar, o espaço realiza em média mais de dois mil atendimentos por mês, executando todos os processos necessários para a abertura de estabelecimentos.

O proprietário do restaurante Chang Thai, Leandro Scotta, que se instalou no município neste período, falou sobre a importância da Sala para a concretização do seu negócio. “O local é um ótimo suporte para quem está pensando em abrir um negócio. Sempre que precisei, o espaço me ajudou bastante, com esclarecimento de dúvidas, informações sobre documentação e o que eu precisava para fazer isso dar certo. O atendimento é feito com clareza e rapidez. Eu fico muito agradecido pela Sala do Empreendedor e pelo nosso município”, destacou.

A Lei do Incentivo ao Desenvolvimento Econômico (nº 6012/2015) prevê a isenção temporária de taxas e tributos para empresas já estabelecidas no município e que tenham projetos de ampliação, ou para empresas que optarem por se instalarem em Bento.

Inaugurada em junho deste ano em Bento Gonçalves, a rede de supermercados Caitá foi um dos projetos beneficiados pela Lei. O proprietário do empreendimento, Juliano Zandonai explica porque escolheu a cidade para instalação. “Escolhemos Bento, pois acreditamos no seu potencial, acreditamos ser uma cidade que pode crescer muito. A lei de incentivo foi muito bem vinda, ajudou a facilitar a instalação e a desburocratizar o processo de abertura. O suporte que tivemos foi ótimo, o ambiente de negócios que o Poder Público estimula sem dúvida é um fator de atratividade para novos negócios”.

 

Fonte: Prefeitura de Bento