Bento avalia retomada gradual das atividades após Decreto que encerra dia 5 de abril

No começo da noite desta quinta-feira, 26, foi encerrada uma transmissão no Facebook do prefeito Guilherme Pasin, juntamente com o secretário Municipal de Saúde, Diogo Siqueira, onde foi sinalizado o interesse da retomada das atividades de forma gradual, após o Decreto que suspendeu o comércio, indústria e serviços considerados não essenciais (expira dia 5 de abril).

O cronograma ainda está sendo discutido e um encontro realizado no Salão Nobre da Prefeitura nesta manhã, com representantes de entidades e empresários da cidade, culminou com uma etapa inicial de debate.

“Estamos seguindo um Decreto e as pessoas tem que continuar em casa. Estamos avaliando se iremos postergar ou flexibilizar. Queremos é a garantia da saúde em primeiro lugar”, definiu Pasin.

O prefeito ressaltou o andamento de um estudo da melhor maneira da reativação da economia do município, que preservaria principalmente grupos de risco e em um primeiro momento famílias que não tenham com quem deixar seus filhos. Pasin entende que a suspensão das aulas tem de continuar vigente para preservar crianças e jovens neste momento de epidemia.

“Com um percentual voltando a gente vai conseguir organizar passo a passo”, completou.

Nesta quinta-feira mais dois casos de coronavírus foram confirmados pelo Comitê de Atenção ao Coronavírus. Outro dado relevante divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde é de que mais de 100 pacientes com sintomas gripais foram atendidos nos últimos dias, o que reforça a necessidade de monitoramento e que as pessoas sigam em suas casas.

Fonte: Felipe Machado – Central de Jornalismo da Difusora