Bancada Gaúcha reforça pleitos em encontro com Ministro, como a “Rodovia da Serra”

Autor da emenda parlamentar que propõe o prolongamento da BR-448 (Rodovia do Parque) entre Esteio e o município de Portão – a chamada “Rodovia da Serra”, o deputado federal Jerônimo Goergen (PP), esteve juntamente com a Bancada Gaúcha da Câmara em uma agenda com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes.

Trata-se de uma oportunidade de reforço da demanda com o Governo Federal. Apesar da disponibilidade de R$ 10 milhões via emenda parlamentar, para execução de Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) – como um todo a previsão é de R$ 29 milhões – neste instante não está entre as prioridades do Planalto.

Goergen destacou que “neste momento o ministro disse que as prioridades do governo são a conclusão da BR-116, a Travessia Urbana em Santa Maria e a Ponte do Guaíba”, referiu.

O parlamentar gravou um vídeo após o encontro conclamando lideranças de Bento Gonçalves e região para continuidade da mobilização.

“Entendo que devemos fazer uma reunião somente com esta pauta com o Ministro. Temos que aumentar a pressão para a liberação do recurso”, apontou.

O deputado Lucas Redecker (PSDB), por sua vez, articulador da instalação da Frente Parlamentar de Apoio à Extensão da BR 448 na Câmara Federal, defendeu a finalização do Estudo para que um novo passo seja dado.

“Nós precisamos do estudo pronto para que, quando surgir a oportunidade, possamos incluir a obra no orçamento da União”, argumentou o parlamentar.

Conforme Freitas, é necessário “priorizar as obras que já estão andando, em estágio avançado e que têm condições de serem executadas ainda neste ano. E só então poderemos abrir espaço para outros projetos”, explicou. Tarcísio Gomes de Freitas concluiu informando que, no momento, todos os esforços estão voltados para a conclusão da duplicação da BR-116, que deverá ter um trecho de 57 quilômetros liberado até dezembro, a segunda Ponte do Guaíba, o contorno de Pelotas, a travessia urbana de Santa Maria e o aeroporto de Passo Fundo.

Foram mais de 30 parlamentares presentes na agenda, além de senadores e deputados estaduais, que trataram ainda da BR-290 e a necessidade de continuação das obras nos lotes Eldorado do Sul, Arroio dos Ratos, Butiá, Minas Leão, Pântano Grande até a Fronteira, da BR-470, da duplicação da BR-285 de Vacaria a Santo Ângelo, entre outras pautas.

Também participaram da reunião o secretário Nacional e Transportes Terrestres, General Jamil Megid, e da secretária de Fomento, Planejamento e Parcerias, Natália Marcassa.

Sobre a extensão da BR-448

Estimada em R$ 1 bilhão e prevista em 18,7 quilômetros, a extensão do denominado Lote 2 da Rodovia do Parque partiria do quilômetro 6, em Sapucaia do Sul, chegando até a RS-240, na chamada Rótula das Cucas, em Portão. Desde 2017 é esperado o término do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA), requisito prévio necessário para a licitação da estrada. O EVTEA está aos cuidados do DNIT e do Consórcio Magna-Enecon.

A BR-448 é uma das principais rodovias que liga a região Metropolitana a outras regiões do Estado. A extensão da rodovia não é importante apenas para minimizar os engarrafamentos diários na BR-116, especialmente entre Esteio e Novo Hamburgo, mas também porque a rodovia encurtará o acesso à Grande Porto Alegre para quem vem da Serra, Vale do Caí e Vale do Paranhana.

Na primeira reunião do ano da Amesne (Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste), que representa 36 Prefeituras da Serra, os gestores municipais definiram uma intensificação de agendas em busca da conclusão das obras da rodovia.

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora com informações dos gabinetes dos deputados Jerônimo Goergen e Lucas Redecker; além da Assessoria de Imprensa do Ministério da Infraestrutura

Foto: Divulgação Ministério dos Transportes