Associação de Moradores do Loteamento Bortolini alerta para regulamentação de terrenos

A Associação de Moradores do Loteamento Bortolini, localizada no bairro Vila Nova II, em Bento Gonçalves, reforça a importância da regularização dos terrenos que ficam no local.

O presidente da Associação, Marcelo Morbini, afirma que 2019 foi um ano importante para os moradores do Loteamento, com várias conquistas, inclusive com pavimentação total das vias. Segundo ele, a luta agora é pela regulamentação dos lotes.

O Loteamento Bortolini hoje é composto por cerca de duzentas famílias que adquiriram seus terrenos através de contrato de compra e venda. Por meio da Associação, uma das medidas é fazer a legalização desses lotes. Em 2019 conseguimos a pavimentação de 100% das ruas, foi um dos bairros que mais foi atendido nesse âmbito e agora estamos na luta pela regulamentação“, disse.

Morbini reforça a importância da participação dos moradores interessados, nas reuniões de adesão.

Os moradores precisam participar das reuniões de adesão. Já foram realizadas duas reuniões e cerca de setenta famílias já manifestaram interesse em participar desse projeto. Agora no próximo dia 7 de março teremos a última reunião“, comenta.

O presidente da Associação, ainda ressalta que participando da regulamentação na forma de mutirão, como está sendo proposto, o custo financeiro é muito menor se comparado com a adesão individual.

Participando do projeto, financeiramente é muito mais viável. O projeto de forma particular se torna muito mais caro. Encarece até aproximadamente 200%. Através desse projeto, em mutirão, com muitas famílias, se torna mais prático e muito mais barato“, explica.

Por fim, Morbini alerta que a última oportunidade de participar do processo será no dia 7 de março, quando será realizada a última reunião de adesão.

Depois da última reunião, no dia 7, serão realizadas as adesões finais e na sequência os contratos com os moradores, de forma particular. Após o ato, imediatamente, a empresa responsável iniciará os trabalhos necessários para todo trâmite legal deste processo“, pontua.

Mais informações podem ser obtidas através do telefone (51) 3244-7781.

Fonte: Central de Jornalismo da Rádio Difusora