Apresentado edital que estabelece critérios para permuta do novo Presídio de Bento

Nesta quinta-feira, 22, o secretário Municipal de Segurança, José Paulo Iahnke Marinho participou de reunião na Secretaria de Modernização e Recursos Humanos do Governo do Estado. O encontro com a Comissão Plena tratou sobre a questão do edital do presídio de Bento Gonçalves.

Participaram da reunião, o secretário de Modernização Administrativa e dos Recursos Humanos, Raffaele Marsiaj Quinto Di Cameli, o secretário Adjunto da Segurança Pública, Everton Oltramari, engenheiros da SUSEPE, representantes da Procuradoria Geral do Estado e da Secretaria de Administração.

Na ocasião foi apresentado o edital estabelecendo os critérios para a permuta que será realizada entre os imóveis do Estado e os empresários. Foram definidas as regras para a construção do presídio com relação ao número de vagas, que deverá ser de, no mínimo, 450 e o prazo máximo de construção de 300 dias.

Com estas definições, as empresas que forem se candidatar à realização da permuta, terão esses indicadores previstos no edital.

Reuniao_presidioTambém foram estabelecidos quais os imóveis que serão permutados, área onde está atualmente a Delegacia do DAER e a residência oficial do engenheiro do Departamento.

O próximo passo é o parecer final da Procuradoria Geral do Estado e encaminhamento ao Governador José Ivo Sartori. O lançamento do edital está previsto para ocorrer no mês de julho.

“Nos questionam porque a demora no lançamento do edital. Esta é uma questão que envolve uma série de fatores jurídicos, legais e que devem ser analisadas ponto a ponto. Para que tudo ocorra da forma mais correta, a análise é criteriosa, para não acontecer como em outro local que, durante a construção, não foi previsto o tratamento de esgoto, por exemplo. Também precisamos atender a expectativa do Estado e dos envolvidos”, afirma Marinho.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Bento
Foto: Divulgação/ SEMSEG