Após mais de 30 dias, Tacchini avalia pacientes que integram o Coalizão COVID Brasil

O Tacchini Sistema de Saúde através dos Hospitais Tacchini, de Bento Gonçalves e São Roque, de Carlos Barbosa, há mais de 30 dias participa do projeto Coalizão COVID Brasil. Trata-se de um levantamento com estudos clínicos relacionados ao tratamento de pessoas com suspeita ou diagnóstico confirmado de Coronavírus.

O objetivo é avaliar a eficácia, segurança e o impacto na qualidade de vida dos pacientes. Os resultados finais deverão ser divulgados nos próximos 60 dias.

As duas etapas iniciais são denominadas Coalizão I e Coalizão II. A primeira, por exemplo, avalia o tratamento com o medicamento hidroxicloroquina e se este é eficaz para melhorar o quadro respiratório de pacientes com menor gravidade internados por infecção.

O assunto ganhou repercussão ainda maior esta semana com a flexibilização do uso também para casos mais leves de Covid-19, pelo Governo Federal, quando houver comum acordo entre médico e paciente, mediante um termo. Justamente por este motivo os estudos tem uma relevância maior neste instante que o debate ganha força.

Para saber como anda o processo pelo Tacchini Sistema de Saúde acompanhe a entrevista com a diretora técnica Roberta Pozza, realizada pelo repórter Felipe Machado. Veja abaixo:

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora