Após 12 anos, Bento voltará a sediar a maior feira de transportes do sul do País

A agenda econômica de Bento Gonçalves receberá um impulso de peso em 2018. Após 12 anos, a cidade serrana voltará a sediar a Transposul – Feira e Congresso de Transporte e Logística, considerada a maior feira do setor do Sul do país. O anúncio ocorreu na tarde desta quinta-feira, 29, último dia da edição de 2017 realizada no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre.

“A Transposul em Bento Gonçalves foi construída pela possibilidade que a cidade oferece de agregar a questão do turismo, além de ser uma região aberta a todos os negócios. Os empresários acreditaram e chancelaram a ida para a Serra”, afirmou o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande do Sul (Setcergs), Afrânio Kieling, responsável pela realização do evento.

A feira foi realizada em Bento Gonçalves durante quatro anos, sendo a última edição em 2006. Em 2018, será instalada no Parque de Eventos (Fundaparque). O prefeito Guilherme Pasin, que esteve na Capital para acompanhar o anúncio, exalta os benefícios para os setores de turismo e comércio. “É uma honra para Bento ter de volta a Transposul, uma grife do setor de negócios que envolve grandes operadores do transporte. A cidade certamente responderá à altura com sua estrutura de atendimento e serviços, comprovando a vocação para receber grandes eventos”, reforçou Pasin, destacando que a infraestrutura de hospedagem recebeu forte investimento, atingindo crescimento de 55% na rede hoteleira desde 2006.

Em 2016, a feira resultou em transações comerciais que ultrapassaram os R$ 100 milhões. A Transposul é uma feira de negócios com promoções e exposição das inovações no segmento de transporte de cargas e logística. Paralelamente, o congresso técnico mobiliza empresários, executivos e estudantes da área. O evento consolidou-se como vitrine da indústria de caminhões, fornecedores de serviços, fabricantes e revendedores de pneus, empresas de tecnologia embarcada, softwares, seguradoras, gerenciadoras de risco e distribuidoras de combustíveis.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura