Apesar da greve, força tarefa em Bento mantém funcionamento do Samu

A Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Bento Gonçalves, foi informada da paralisação da Central Reguladora do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Porto Alegre, por volta das 20h. Assim como a grande maioria dos municípios do Estado, houve uma surpresa e o sentimento de que poderia ter sido feito um comunicado antes da paralisação.

Por este motivo, o secretário de Saúde, Diogo Siqueira, articulou uma força tarefa em parceria com o Corpo de Bombeiros, Brigada Militar e Hospital Tacchini, para não interromper o serviço.

“Estamos trabalhando para que nossa população não seja prejudicada, estamos buscando todas as informações sobre a paralisação do SAMU Estadual e encontrando as soluções para não interromper o serviço”, destaca o Secretário de Saúde, Diogo Segabinazzi Siqueira.

A orientação para a população é que ligue no 193 dos Bombeiros, que irá contatar diretamente o Samu no município, para os casos em que o Serviço tiver de ser acionado.

Bagé, Porto Alegre, Caxias do Sul e Pelotas, que possuem regulação própria, funcionam sem nenhum empecilho através do telefone de urgência. As demais regiões são afetadas com a paralisação.

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora