Abertura da 24ª Festa Nacional do Kiwi e 2ª Expo Farroupilha será nesta quinta-feira

Expectativa dos organizadores é de que esta edição representa a retomada da maior festa de Farroupilha, retomada pós-pandemia e da cultura do kiwi

A abertura da 24ª Festa Nacional do Kiwi e 2ª Expo Farroupilha, será nesta quinta-feira, dia 07 de julho, às 19h, nos pavilhões do Parque Cinquentenário, em Farroupilha (RS), com a presença da soberana Laura Verona Bet e as princesas Milena Broilo e Ana Paula Casa, do presidente da Fenakiwi, Gervásio Silvestrin, do prefeito de Farroupilha, Fabiano Feltrin e o vice-prefeito Jonas Tomazini, além de diversas autoridades civis, políticas, empresariais e representantes de entidades da Serra Gaúcha.

Os pavilhões abrem às 17h e terá entrada gratuita. O público será recepcionado pela Banda Municipal Cinquentenário de Farroupilha, no Pavilhão de Shows, e depois da solenidade de abertura poderá conferir a apresentação de Pedro Ernesto Denardin e Banda; Coral II Romano (no espaço da Gastronomia) e a Banda Tenente Cascavel.

A Fenakiwi 2022 ocorre até o dia 24 de julho, sempre às sextas-feiras (entrada gratuita), sábados e domingos. Durante a festa haverá diversificada opção gastronômica, dos tradicionais lanches e comida típica italiana até novos sabores de produtos feitos com o kiwi. Outra novidade que promete chamar a atenção é o bar suspenso por um guindaste a uma altura de 40 metros, com open bar e capacidade limitada ao público pagante. O acesso aos pavilhões ganha uma cobertura, garantindo maior conforto nos dias de chuva. As melhorias estão presentes também no pavilhão da pista de shows, que ganhou 30 metros de vão livre e terá no palco uma ampla programação cultural, incluindo a realização de shows nacionais.

A festa é considerada uma oportunidade de retomada dos negócios na Serra Gaúcha, uma vez que movimenta uma série de setores da economia local. Para a feira multissetorial serão destinados dois pavilhões, onde o público poderá encontrar vestuário, calçados, artesanato, utilidades domésticas, móveis, as tradicionais malhas e o moscatel de Farroupilha. Dentre os expositores, pelo menos 80% são empresas da Serra Gaúcha, os demais da região metropolitana de Porto Alegre e de fora do estado.

Nesta edição a agricultura familiar terá um pavilhão próprio, onde ficarão as agroindústrias. É neste local que o visitante fica mais próximo das pessoas que plantam, colhem e distribuem o alimento, inclusive o kiwi, fruto símbolo da festa. O secretário de agricultura, Fernando Silvestrin, conta que foram adquiridas sete toneladas de kiwi, de duas variedades produzidas em Farroupilha, para a degustação do público.

Presidente da Fenakiwi, engenheiro agrônomo e empresário, Gervásio Silvestrin

Para o presidente da Fenakiwi, engenheiro agrônomo e empresário, Gervásio Silvestrin, a edição deste ano representa a retomada em vários sentidos: retomada da Fenakiwi como a maior festa de Farroupilha, com realização bianual; retomada após a pandemia, pois a edição de 2020 precisou ser suspensa; e a retomada da cultura do kiwi “estamos trabalhando com uma nova perspectiva, variedades, pesquisa, tecnologia e mercado favorável”, explica o presidente.

O prefeito de Farroupilha, Fabiano Feltrin, compartilha desse sentimento de retomada e afirma que “será a maior de todas as festas, pois esperamos receber visitantes de todo o Brasil e a participação da nossa região.

Para a rainha de Farroupilha, Laura Verona Bet e as princesas Milena Broilo e Ana Paula Casa, a volta da realização da festa é aguardada com muita expectativa pela comunidade. “Percebemos isso na ampla divulgação que fizemos em Farroupilha e nas diversas cidades da região que percorremos. Estamos de braços abertos para acolher todos os visitantes da Fenakiwi”, convida Laura.

6º Seminário Nacional do Kiwizeiro

Na sexta-feira, dia 08 de julho, no auditório da Universidade de Caxias do Sul (Rodovia dos Romeiros, 567 – Farroupilha), será realizado o 6º Seminário Nacional do Kiwizeiro, onde serão discutidas ações e alternativas para a produção do kiwi (programação em anexo).

Há alguns anos, a produção vem sendo retomada e dados do Escritório Municipal da Emater de Farroupilha apontam que hoje o município possui aproximadamente 60 hectares de área plantada de kiwi, produzindo uma média de 25 toneladas por hectare (safra de 2021) e cerca de 50 famílias envolvidas na produção.

Para a retomada foi necessário investir em pesquisa e tecnologia para o desenvolvimento de mudas sadias. “Em parceria com a Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais, buscamos plantas de kiwi resistentes ao fungo, pois esta solução estava sendo estudada a pedido da Nova Zelândia, um dos maiores produtores do mundo”, explica Silvestrin. As plantas resistentes ao fungo são porta‐enxertos que serão enxertados e protegerão as plantas quando a doença estiver no solo. Outra importante medida adotada para recuperar a produção do kiwi são as práticas corretas de plantio e manejo evitando que o fungo se propague, além de fungicidas apropriados para a prevenção de doenças.   

Atualmente 80% do kiwi consumido no Brasil é importado e os principais fornecedores são o Chile, Itália e Nova Zelândia. Diante disso, o mercado interno brasileiro está favorável para ser conquistado. Silvestrin afirma que o incremento na produção exige do agricultor investimento alto na estrutura para o plantio, irrigação, cobertura de tela para a proteção do vento e de granizo, porém, este custo é compensado pelas vantagens de ser uma cultura menos exigente e muito rentável. Pode ser produzida de forma orgânica, o período de colheita é maior que o da uva, por exemplo, e o preço de venda também é um atrativo aos produtores rurais. Voltamos a ter o kiwi como um importante protagonista econômico de Farroupilha, capaz de movimentar toda uma cadeia de fornecedores da Serra Gaúcha, vislumbra Silvestrin.

Variedades da fruta:

  1. Bruno – formato alongado com polpa verde e possui pelos. É um dos mais plantados em Farroupilha.
  2. Elmwood, Hayward e Monty ‐ formato mais arredondado com polpa de coloração verde e pelos.
  3. Farroupilha, Golden King, MG06 e Yellow King – formato arredondado e não tem pelos. Caracterizam-se pela polpa amarela, sendo mais adocicados que as variedades de polpa verde.
  4.  Farroupilha está iniciando o cultivo de variedades consideradas mais nobres e saborosas, de polpa amarela como a Soreli, de origem italiana que se adaptou muito bem ao nosso clima. Recentemente foram introduzidas da China, variedades de polpa vermelha que ainda estão em fase de pesquisa.

Programação Cultural do primeiro final de semana:

Horário 7 DE JULHO – QUINTA‐FEIRA – ENTRADA GRATUITA Local
17h Abertura dos Pavilhões  
18h Banda Municipal Cinquentenário de Farroupilha Pavilhão de shows
19h Abertura Oficial Pavilhão de shows
20h Pedro Ernesto Denardin e Banda Pavilhão de shows
20h30min Coral Il Romano Gastronomia
21h30min Banda Tenente Cascavel Pavilhão de shows
Horário 8 DE JULHO – SEXTA‐FEIRA – ENTRADA GRATUITA Local
14h Abertura dos Pavilhões  
8h 6° Seminário Nacional do Kiwizeiro

*Auditório da UCS na Rodovia dos Romeiros, 5677

UCS
14h15min Teatro Infantil Luz e Cena

*Contrapartidas Sociais – Artes Cênicas – Teatro Infantil – Conforme Art 22, parágrafo VII da IN 02/2019, VII

Pavilhão de shows
15h Baile da Melhor Idade com Grupo Seresteiros Gastronomia
19h Coral IL Romano Gastronomia
19h30min Banda Black Birds Pavilhão de shows
21h Festival de Rock Autoral de Farroupilha com as bandas: Entretantos, A Fome da Cabeça, Minuano Trio, Quintal Supernova e WAR (We Are Revolution). Pavilhão de shows
Horário 9 DE JULHO – SÁBADO Local
10h Abertura dos Pavilhões  
13h Coral Trama Voz Gastronomia
13                h30min Atração Itinerante com Cia Espícula Itinerante
14h Clévis & Luan Gastronomia
16h CTG Aldeia Farroupilha Gastronomia
18h Cavatappi Gastronomia
18h The Beatles no Acordeon Pavilhão de shows
19h Rodrigo Lorenzo Gastronomia
20h César Oliveira e Rogério Melo Pavilhão de shows
Horário 10 DE JULHO – DOMINGO Local
10h Abertura dos Pavilhões  
07h Encontro de carros antigos do Classic Car Club de Farroupilha * Em caso de chuva será transferido para dia 17/07. Avenida em frente ao Parque Cinquentenário
12h Coral da Maturidade Ativa do SESC Gastronomia
13h Cadu & Mazzoti Gastronomia
15h Rodrigo Soltton Gastronomia
16h Novos Causos do Guri de Uruguaiana Pós‐covid Pavilhão de shows
17h Lady Rock Gastronomia
18h30min Juh Moreira Gastronomia

Ingressos antecipados com desconto

Os ingressos promocionais antecipados com 50% de desconto custam R$ 5,00 e podem ser adquiridos na loja DC Kids. Nos dias de evento, para as entradas adquiridas na hora, o valor do ingresso será de R$ 10,00. Os bilhetes de meia entrada para idosos e estudantes, também serão comercializados a R$ 5,00. No dia 07 de julho (quinta‐feira), data de abertura do evento, a entrada será gratuita para toda a população, assim como nas sextas‐feiras.

Ingressos normais: R$ 10,00 (no local)

Ingressos promocionais antecipados: R$ 5,00 na loja DC Kids (Rua Cel. Pena de Moraes, 707 – Centro de Farroupilha).

Ingressos meia‐entrada: R$ 5,00 (em conformidade com o decreto que entrou em vigor em 01/12/2015, nº 8.537 de 5 de outubro de 2015 que regulamenta a nova lei da meia‐entrada, Lei n° 12.933/2013 e o Estatuto da Juventude Lei n° 12.852/2013).

Entrada gratuita: dia 07 de julho, quinta‐feira, abertura oficial da festa e nas sextas‐feiras, dias 08, 15 e 22 de julho.

A realização da 24ª Fenakiwi e 2ª Expo Farroupilha é da Prefeitura Municipal de Farroupilha. A gestão/organização e produção cultural é da AM9 Produções Gestão de Eventos.

Patrocínio: Lojas Colombo, Crediare, Oderich, Empresa Randon, Tramontina, Feltrin Sementes, Multinova, Tecnova, Unimed, Sulgás, Grupo Sazi, Freuden Beer, Silvestrin Frutas, Supermercados Andreazza, Vantajão Atacado.

Apoio: Hotel Di Capri, Sicredi, Sebrae, Fachini Extintores, CDL Farroupilha, Sindilojas, Sindigêneros, CICS, Portal Leouve.

Fonte: AM9 Produções Gestão de Eventos