Emater/RS-Ascar qualifica produção de vinho colonial em Serafina Corrêa

Emater/RS-Ascar qualifica produção de vinho colonial em Serafina Corrêa

Na Capital Nacional do Talian, língua formada pelos dialetos do Vêneto, na Itália, os descendentes de imigrantes italianos seguem a tradição de cultivar as suas uvas e elaborar o seu próprio vinho. “Ainda que em Serafina Corrêa a vitivinicultura não seja uma atividade expressiva comercialmente, ela está presente em grande parte das propriedades rurais, ao menos como produção para autoconsumo”, explica o engenheiro agrônomo Leandro Ebert, extensionista rural da Emater/RS-Ascar. Visando qualificar o vinho produzido pelos agricultores e incentivar a vitivinicultura, na tarde da quinta-feira (06/02), a Emater/RS-Ascar promoveu uma…

Leia mais